apoio familiar

A importância do apoio familiar ao paciente oncológico

Enfrentar um tratamento oncológico é algo muito desafiador. Não apenas por ter que lidar com inúmeras alterações físicas, mas, também, pelo medo, ansiedade e incerteza do sucesso do tratamento. Tais sentimentos podem abalar o emocional do paciente.

De acordo com pesquisas recentes, as chances de uma pessoa com câncer desenvolver depressão são de aproximadamente 30%. Os dados são do Observatório de Oncologia. Isso nos leva a crer que, nesse momento delicado, é extremamente importante estar cercado por pessoas queridas, a fim de tornar o tratamento mais leve.

Quer entender qual é a importância do apoio familiar ao paciente oncológico? Leia o artigo e entenda.

O apoio familiar é um suporte psicológico necessário

O diagnóstico de câncer costuma provocar um enorme impacto psicológico em qualquer pessoa, até nas mais fortes. Portanto, ter o apoio da família, tanto nos momentos alegres, quanto nas fases difíceis, é essencial para manter a saúde mental e encontrar forças para passar pelo tratamento. Se a família não se unir, o que já não é fácil pode se tornar ainda mais complicado.

A família é muito mais que mera companhia

Uma das funções da família durante o tratamento oncológico é acompanhar o paciente nas consultas, exames, bem como sessões de quimioterapia, além de outras necessidades. Porém, mais do que simples acompanhantes, os familiares têm a importante missão de conversar, ouvir, estimular, aconselhar, consolar, enfim, estar ali com ombros e ouvidos a postos. O paciente oncológico precisa saber que não está sozinho e que pode realmente contar com a família.

Enquanto muitos se vão, a família permanece

Nesse momento tão delicado, em que a pessoa fica, de fato, fragilizada, ela tende a se isolar, afastamento-se dos amigos e familiares. Em outros casos, não é o paciente que se isola. São os próprios colegas e amigos que se afastam, deixando de telefonar, visitar e demonstrar preocupação. No entanto, a família deve ficar e ser um pilar para que o indivíduo com câncer não desmorone e siga firme no tratamento.

O apoio familiar é essencial para o cuidado do paciente com câncer

A participação da família pode ter grande influência no sucesso do tratamento. Pacientes com câncer precisam de atenção especial, o que excede as paredes hospitalares. São medicamentos, terapias, alimentos, restrições e cirurgias que demandam cuidado e disciplina. Nesse sentido, a família se torna aliada na conquista de bons resultados.

Além disso, após o diagnóstico de câncer, a família também precisa de cuidado e atenção. Os familiares também ficam abalados física e emocionalmente. Por isso, é recomendável que pais, mães e irmãos de pessoas com câncer estabeleçam períodos de descanso.

Também é essencial que essas pessoas procurem se distrair, na medida do possível, participem de grupos de apoio e cuidem de si mesmos, buscando suporte psicológico, se preciso for. Afinal, eles devem ficar fortes para fortalecer o ente querido, sempre demonstrando o apoio familiar para o que for preciso.

Quer saber mais? Estou à disposição para solucionar qualquer dúvida que você possa ter e ficarei muito feliz em responder aos seus comentários sobre este assunto. Leia outros artigos e conheça mais do meu trabalho como oncologista em Londrina!

Comentários
Dr. Rafael Onuki Sato

Posted by Dr. Rafael Onuki Sato