Câncer de endométrio

Câncer de endométrio: causas e sintomas

 O endométrio é uma membrana extremamente vascularizada que cobre a parede uterina. É ele que descama e sangra durante a menstruação ou permite a fixação do embrião no interior do útero. As doenças que acometem esse tecido, como a endometriose e o câncer de endométrio, podem ter consequências graves para a fertilidade da mulher.

Os tumores no endométrio se desenvolvem quando as células desse revestimento crescem de forma anormal. No Brasil, há mais de 6 mil novos casos por ano. Estima-se que cerca de 20% desse número representam os óbitos decorrentes da doença. 

O câncer de endométrio pode surgir em qualquer etapa da vida. Entretanto é um tipo  muito mais frequente após a chegada da menopausa. Apesar da alta incidência, 90% dos casos diagnosticados precocemente são curáveis.  

Nesse artigo, vou explicar mais sobre as causas e os sintomas desse tipo de câncer. Fique atenta!

Causas do câncer de endométrio

Ainda não existe uma causa definida para o surgimento desses tumores. O que se sabe é que o material genético das células que compõe o endométrio sofrem uma mutação. Com isso, elas se proliferam descontroladamente formando uma massa, que são os tumores.

Todavia, existem alguns fatores de risco que favorecem a manifestação desse câncer em algumas mulheres. O principal deles, é a alta concentração de estrogênio no organismo. As mulheres hipertensas, obesas, diabéticas, que passam por menopausa tardiamente ou menarca precocemente; que fizeram reposição hormonal inadequada; que não tiveram filhos ou possuem a Síndrome de Lynch e Síndrome do Ovário Policístico tem grandes chances de sofrerem com hiperestrogenismo e, portanto, mais risco de desenvolverem esse tumor.

Outros fatores que podem estar envolvidos no aparecimento da doença é predisposição genética, histórico familiar, presença de outros cânceres, como de mama ou hiperplasia endometrial. 

Ainda que haja a presença de algum fator de risco, não é possível afirmar que a mulher desenvolverá o câncer simplesmente por isso. O importante é ficar sempre atenta aos sintomas e procurar um especialista caso apareça algum dos sinais. Saiba quais são eles.

Sintomas do câncer de endométrio

Sangramento anormal

É considerado anormal, o sangramento mais intenso que de costume; que acontece entre as menstruações ou após a menopausa. 90 % dos casos de câncer de endométrio estão associados à hemorragia vaginal.

Qualquer sangramento inoportuno deve ser entendido como alerta, ainda que o sintoma possa ter outras causas não cancerígenas. O ideal é consultar o seu médico sempre que houver um sangramento irregular imediatamente. 

Corrimento vaginal

O corrimento vaginal de coloração branca ou amarelada, seguido de sangramento, após a menopausa, é um indicativo de câncer de endométrio. Porém, o corrimento anormal sem a presença de sangue também pode ser sinal de atenção. Embora o sangue não seja visível, não significa que a doença não possa ter se instalado.

Dores na pelve 

Os estágios mais avançados do câncer de endométrio podem causar dor ou sensação de peso na pelve. Também é comum o aparecimento de uma massa na região. Geralmente, esses sintomas vêm acompanhados de perda de peso repentina.

Nos casos de metástase do câncer de endométrio, os sintomas podem aparecer de acordo com o comprometimento do órgão atingido. Para exemplificar, podemos citar obstrução intestinal, quando se espalha para o intestino; icterícia, quando afeta o fígado e dificuldades respiratórias, se chegar até o pulmão.

Quer saber mais? Estou à disposição para solucionar qualquer dúvida que você possa ter e ficarei muito feliz em responder aos seus comentários sobre este assunto. Leia outros artigos e conheça mais do meu trabalho como oncologista em Londrina!

Comentários
Dr. Rafael Onuki Sato

Posted by Dr. Rafael Onuki Sato