Cirurgia de câncer de ovário

Cirurgia de câncer de ovário: pré e pós-operatório



A cirurgia de câncer de ovário é realizada em todos os pacientes que apresentam a doença. O procedimento é essencial para confirmar o diagnóstico de câncer no órgão, bem como para determinar, com precisão, a extensão do tumor – etapa do tratamento chamada de estadiamento.

Outra função importante da operação no ovário é eliminar o máximo possível de regiões lesionadas pelas células cancerígenas. Você sabia que essa cirurgia se chama laparotomia?

Este é o procedimento utilizado para a coleta de líquidos na cavidade abdominal (pelve, abdômen e diafragma), que serão destinados para a análise laboratorial.

Quando o câncer é detectado nos dois ovários, então, é realizada a histerectomia total, que é a remoção dos ovários, trombas de falópio e do útero. Nos casos ainda mais graves, pode ser necessária a remoção do apêndice e até mesmo a ressecção do intestino.

Dada a complexidade deste procedimento, é necessário ficar atento aos cuidados antes e depois da cirurgia de câncer no ovário. Confira estas informações, a seguir.

Pré-operatório da cirurgia de câncer de ovário

Antes de mais nada, a preparação para a cirurgia no ovário inclui a realização de uma série de exames, que irão garantir a segurança durante o procedimento, tais como:

  • exames de sangue;
  • radiografias do tórax;
  • tomografia;
  • ultrassonografia;
  • eletrocardiograma.

Antes de entrar na sala de cirurgia, é essencial fazer uma consulta pré-operatória com o médico anestesista, para garantir que não hajam problemas com a anestesia. Além disso, outros cuidados incluem:

  • preparação do intestino, conforme recomendação do cirurgião;
  • informar ao médico sobre o uso prévio de medicamentos. Caso sejam medicamentos recorrentes, como os utilizados para o controle da pressão, eles devem ser ingeridos normalmente na manhã da cirurgia, com uma dose pequena de água;
  • jejum de sólidos e líquidos, conforme orientação do cirurgião.

Além dos cuidados básicos mencionados acima, é importante ter o acompanhamento de algum familiar ou amigo. Do mesmo modo, é preciso garantir que alguém irá auxiliá-la durante a sua chegada em casa, seja com a alimentação, banhos, dentre outras atividades do dia a dia.

Pós-operatório da cirurgia de câncer de ovário

O pós-operatório é uma fase importantíssima do tratamento. Caso você não o siga corretamente, isso pode influenciar o resultado da operação. O primeiro ponto importante é sobre a dieta após a cirurgia, que inclui:

  • ingerir pequenas porções de alimentos;
  • evitar gorduras;
  • evitar alimentos industrializados;
  • não ingerir alimentos quentes;
  • comer frutas, legumes e verduras;
  • beber pelo menos três litros de água por dia, em períodos espaçados;
  • seguir demais restrições alimentares, recomendadas pelo seu médico.

Se você pensa que repouso significa ficar completamente imóvel, você está completamente enganada! Após a cirurgia, não é recomendado ficar paralisada na cama ou no sofá. Isso pode gerar coágulos sanguíneos e prejudicar o funcionamento do intestino.

É permitido fazer caminhadas leves e subir escadas. No entanto, não se deve carregar peso durante a recuperação. Além disso, é preciso ir às consultas de retorno, para que o médico avalie a sua recuperação.

Esse também é um momento importante para que você esclareça quaisquer dúvidas sobre a recuperação. Por fim, o seu retorno ao trabalho pode ocorrer após um mês da cirurgia, dependendo da gravidade da doença e da complexidade da cirurgia de câncer de ovário.

Quer saber mais? Estou à disposição para solucionar qualquer dúvida que você possa ter e ficarei muito feliz em responder aos seus comentários sobre este assunto. Leia outros artigos e conheça mais do meu trabalho como oncologista em Londrina!



Comentários
Dr. Rafael Onuki Sato

Posted by Dr. Rafael Onuki Sato