Cirurgia de câncer de ovário

Como é o pós-operatório da cirurgia de câncer de ovário

Depois de qualquer intervenção cirúrgica, alguns procedimentos são fundamentais, pois eles garantem a reabilitação total do paciente. E, no que tange ao pós-operatório da cirurgia de câncer de ovário, isso não é diferente. Vale lembrar que esse tipo de operação, a depender da gravidade, pode ocorrer antes ou depois da manifestação da doença.

A atriz hollywoodiana Angelina Jolie, por exemplo, realizou a chamada ooforectomia profilática, que é o procedimento preventivo de remoção dos ovários, em 2015. Na época, o caso foi muito noticiado e comentado por diversos especialistas, pois alguns julgaram o procedimento agressivo demais.

Além disso, houve também a discussão sobre a eficácia da metodologia, que não garantia 100% de imunidade, mas apenas reduzia a probabilidade de manifestação da patologia.

Benefício da cirurgia de câncer de ovário

De todo modo, ressalto que esse método ajuda a salvar vidas, uma que ele consegue reduzir em até 96% o risco de surgimento do tumor. Então, se você está se preparando ou conhece alguém que vai passar pela cirurgia de câncer de ovário, neste artigo, apresento alguns cuidados imprescindíveis de pós-operatório, vamos lá?

Efeitos colaterais

A fim de evitar o câncer de ovário, a atriz Angelina Jolie se submeteu a um tratamento de prevenção, certo? Se por um lado ela conseguiu diminuir a probabilidade de desenvolvimento do tumor, por outro ela, possivelmente, foi obrigada a conviver com algumas consequências depois da operação.

A menopausa forçada, por exemplo, é fruto desse tratamento. Com isso, a mulher acaba passando por desequilíbrios hormonais, cujas reações podem resultar numa concentração maior de gordura no abdômen.

Outros fatos são a redução da libido e a secura vaginal. Logo, é fundamental que a paciente receba auxílio médico para saber se será ou não necessária a reposição hormonal. Além disso, existe também a possibilidade de a paciente desenvolver problemas cardíacos e osteoporose.

Relações sexuais

Muita gente tem dúvidas sobre a retomada do sexo depois da cirurgia de câncer de ovário. Primeiramente, é importante que a paciente cumpra um repouso rigoroso, estabelecido pelo médico. Afinal de contas, a prática sexual é uma atividade vigorosa, portanto, o condicionamento a ela deve ser avaliado com a atenção.

Esforços físicos

As atividades normais, como trabalhar e dirigir, levam cerca de 6 semanas para serem retomadas. No entanto, se o trabalho exigir movimentos rápidos e bruscos, a paciente pode ter o prazo de repouso estendido para 3 meses.

Transtornos psicológicos

Infelizmente, algumas mulheres enfrentam problemas emocionais após a intervenção cirúrgica, porque a retirada de 1 ou 2 ovários, como se pode perceber, altera significativamente o corpo delas. Nesse caso, vale o acompanhamento psicológico.

Dietas e exercícios

O pós-operatório exige alimentação regrada, porque o corpo da mulher passa por transformações hormonais que podem resultar em ganho de peso. Então, buscar a ajuda de um especialista é imprescindível para administrar a ingestão de medicamentos e a alimentação.

Além disso, caso o médico libere, também é importante combinar essas práticas com atividades físicas, porque, no final das contas, isso auxilia o emocional.

O pós-operatório da cirurgia de câncer de ovário, assim como outras operações, implica cuidados especiais. Pois, após o trauma sofrido durante o procedimento, a paciente precisa recuperar a saúde. Dessa forma, ao menor sinal de infecções, dores fortes, corrimento vaginal, inchaço, dores do peito, ela deve entrar em contato com o médico.

Quer saber mais? Estou à disposição para solucionar qualquer dúvida que você possa ter e ficarei muito feliz em responder os seus comentários sobre esse assunto. Leia outros artigos e conheça mais do meu trabalho como oncologista em Londrina!

Comentários
Dr. Rafael Onuki Sato

Posted by Dr. Rafael Onuki Sato