câncer de rim

Tire suas dúvidas sobre o câncer de rim

Tire suas dúvidas sobre o câncer de rim

Muitas vezes silencioso, e por isso perigoso, o câncer no rim não é um dos tumores malignos mais comuns, mas, ainda assim, deve ser fonte de preocupação para todos. Afinal, mesmo que represente apenas 3% das doenças malignas que atingem pessoas no mundo todo, a verdade é que em 1/3 dos casos, o câncer é diagnosticado quando já alcançou a metástase. 

Além disso, o Brasil não tem nenhum programa específico que busque evidenciar casos desse tipo de tumor em adultos e idosos do país. Isso torna ainda mais importante que você entenda exatamente o que é esse tipo de tumor e seus sintomas.

Neste post, conheceremos as principais características do câncer nos rins, seu tratamento e as formas de prevenção. Acompanhe!

O que é o câncer de rim? 

Trata-se de um tumor que acomete o sistema urinário. Vale lembrar que a principal função do rim é ajudar na eliminação de substâncias metabolizadas pelo organismo, levando as impurezas para a urina, e, por isso, essa é uma das funções comprometidas durante o câncer nesse órgão. 

De uma forma geral, esse tipo de tumor surge unicamente em um dos rins, por meio da proliferação desenfreada das células dos túbulos dos néfrons, formando nódulos. Porém, também é possível que o câncer atinja os 2 rins ao mesmo tempo e até se espalhe rapidamente para os órgãos mais próximos. 

Sintomas 

É muito raro que a doença apresente sintomas, principalmente em seus estágios iniciais. Já nos casos avançados, existem alguns, como: 

  • sangue na urina;
  • dor abdominal;
  • dores constantes nas costas; 
  • perda de peso; 
  • fadiga constante; 
  • dor no flanco; 
  • febre.

Como é feito o diagnóstico? 

Geralmente, o diagnóstico é feito por acaso, quando o paciente está fazendo exames de rotina ou relacionados à outra doença. Quando pensamos na doença nos estágios iniciais, então, esse processo é ainda mais comum. 

Atualmente, não existe um tipo de exame que sirva apenas para identificar o câncer renal, mas traços do tumor podem ser identificados no exame de sangue, de urina e, principalmente, ultrassom e tomografia computadorizada. 

Qual o tratamento?

O melhor tratamento para esse tipo de câncer é a cirurgia, que pode retirar completamente o rim ou apenas o tumor, a depender do estágio da doença. Em casos mais graves, é possível que seja necessário retirar, além do rim, a glândula adrenal e linfonodos da região. 

Como prevenir o câncer no rim? 

Manter uma vida com alimentação saudável, prática de exercícios, evitar fumar e beber, são alguns dos pontos que podem ajudar na prevenção, não só desse tipo de câncer, mas também de diversos outros. 

Por fim, fazer exames de rotina anualmente e acompanhar de perto os resultados também são maneiras de identificar a doença em seus estágios iniciais e evitar o avanço do tumor. 

Quer saber mais? Estou à disposição para solucionar qualquer dúvida que você possa ter e ficarei muito feliz em responder aos seus comentários sobre este assunto. Leia outros artigos e conheça mais do meu trabalho como oncologista em Londrina!

 

Posted by Dr. Rafael Onuki Sato in Todos