câncer de mama

Como é o câncer de mama?

O câncer de mama é o segundo tipo de câncer mais comum entre as mulheres no Brasil, ficando atrás apenas do câncer de pele não melanoma. Embora seja grave, essa doença pode ser diagnosticada e tratada precocemente.

Neste post, você irá conhecer um pouco mais sobre essa neoplasia, seus sintomas, causas e também sobre as alternativas de tratamentos mais utilizadas e eficazes. Então, se quiser conhecer mais sobre ela, continue a leitura.

O que é o câncer de mama?

Trata-se de uma doença que ocorre pela multiplicação desordenada de células da mama, provocando a formação de tumores malignos. Porém, como existem diferentes tipos dessa neoplasia, ela pode se desenvolver de diferentes formas.

Enquanto alguns têm desenvolvimento rápido e menor chance de cura, outros são de progressão lenta, o que favorece o tratamento. No entanto, quando tratados adequadamente, independente do tipo, apresentam bom prognóstico.

No câncer de mama, as células mais afetadas são as que revestem os ductos mamários ou que se encontram nos lóbulos das glândulas mamárias, sendo chamados de carcinomas ductais ou lobulares.

Outros tipos mais raros se manifestam nos tecidos conjuntivos, que são compostos de músculos, gorduras e vasos sanguíneos. Nesses casos, podem ser chamados de sarcoma ou angiossarcoma.

Ademais, mesmo com incidência baixíssima, o câncer de mama pode acometer homens, representando cerca de 1% do total de casos. Nas mulheres, é mais frequente a partir dos 35 anos, principalmente após a menopausa.

Quais são os sintomas?

Como existem diferentes tipos, os sintomas podem variar. Em alguns casos, as pacientes não apresentam nenhum sinal da doença. Porém, quando os sintomas estão presentes, o mais comum é o aparecimento de um nódulo ou massa nas mamas.

Esse nódulo é sólido, indolor e tem bordas irregulares, sendo sensível ao toque. Por isso, o autoexame da mama é fundamental. A melhor época para realizá-lo é alguns dias após a menstruação. Para aquelas que já passaram pela menopausa, pode ser feito em qualquer época.

Outros sintomas relacionados ao câncer de mama são: inchaço na região, irritação ou abaulamento de uma parte da mama, inversão e dor no mamilo, vermelhidão, secreção sanguinolenta ou serosa pelos mamilos, aumento dos linfonodos, espessamento ou retração da pele.

Como o câncer de mama é causado?

As causas para o desenvolvimento do câncer de mama não estão totalmente esclarecidas, mas existem fatores de risco que contribuem para o seu surgimento. O principal deles é a idade avançada, especialmente a partir dos 50 anos.

Além disso, a obesidade ou sobrepeso, sedentarismo, consumo de bebida alcoólica, menarca precoce, exposição excessiva à radiação ionizante, primeira gestação após os 30 anos ou menopausa após os 55 anos são fatores relacionados ao desenvolvimento dessa neoplasia.

Como é o tratamento?

Existem diversas possibilidades para o tratamento do câncer de mama, variando de acordo com a fase em que a doença se encontra e o tipo do tumor. O tratamento pode ser local, com cirurgia ou radioterapia, ou sistêmico, com quimioterapia, hormonioterapia ou terapia biológica.

Então, com a leitura deste post, você conheceu um pouco mais sobre os sintomas, causas e tratamentos para o câncer de mama. Portanto, lembre-se de realizar o autoexame da região e manter uma rotina de consultas com o ginecologista.

Quer saber mais? Estou à disposição para solucionar qualquer dúvida que você possa ter e ficarei muito feliz em responder aos seus comentários sobre este assunto. Leia outros artigos e conheça mais do meu trabalho como oncologista em São Paulo!

O que deseja encontrar?

Compartilhe

Share on facebook
Share on linkedin
Share on google
Share on twitter
Share on email
Share on whatsapp