Importância da detecção precoce do câncer

O câncer é umas das principais causas de morte no mundo. Por ano, cerca de 8,2 milhões de pessoas morrem vítimas da doença. Hoje, 32 milhões convivem com o problema em diferentes estágios, incluindo os terminais. Contudo, será que de alguma forma é possível evitar essa doença e proteger o corpo contra o seu estágio mais avançado?

É possível sim, mas isso não depende de milagre ou estudo moderno da Medicina e muito menos de uma pílula para proteger o corpo e pronto, estamos imunizados! Isso não existe.

O melhor remédio está em uma mudança de comportamento, a conscientização de que ninguém está imune ao surgimento da doença e de que o único jeito de combatê-la, além dos hábitos saudáveis, é por meio da detecção precoce nos exames preventivos.

Quanto antes ocorrer a detecção de qualquer célula cancerígena no corpo, mais fácil será proceder com o tratamento, que deverá ser menos sofrível para o paciente, garantindo-lhe maiores chances de restabelecimento e de cura.

Exames de imagem

Existem exames que, com apenas algumas gotas de sangue, são capazes de detectar algum tipo de câncer. Há também marcadores de tumor, como o AFP e o PSA, que apontam uma metástase em desenvolvimento.

Contudo, para evitar qualquer possibilidade de erro no diagnóstico, existem os exames de imagem, que são rápidos, práticos e precisos e que consistem em um rastreamento da doença. Gostaria de colocar apenas uma ressalva aqui quanto ao famoso PET-CT ou PET SCAN, que apesar de ver o corpo como um todo tem suas ressalvas e não deve ser usado amplamente como rastreamento de rotina, e sim na detecção precoce apenas quando de uma suspeita de lesão não identificada. 

Além de ajudar a detectar mais rapidamente e mais cedo o câncer que o paciente possui, tais equipamentos ajudam no passo seguinte, que é o de proceder com o tratamento mais adequado, a fim de alcançar a recuperação o mais breve possível .

O nosso corpo por inteiro, incluindo os órgãos, é formado por células. Quando não descoberta a tempo, uma célula cancerígena tem a possibilidade de crescer em tamanho e se multiplicar, “contagiando” as demais células próximas.

Assim, um órgão que seja acometido por uma dessas células, em poucos meses, poderá estar tomado por completo por elas, quando estas não contaminam as células de outros órgãos próximos. É quando ocorre a chamada metástase.

 

Não deixe de consultar o seu médico e sempre faça um check up completo. Prevenção nunca é demais e pode ser o melhor remédio para recuperação e cura mais eficazes.

Quer saber mais? Estou à disposição para solucionar qualquer dúvida que você possa ter e ficarei muito feliz em responder aos seus comentários sobre este assunto. Leia outros artigos e conheça mais do meu trabalho como oncologista em Londrina!

O que deseja encontrar?

Compartilhe

Share on facebook
Share on linkedin
Share on twitter
Share on email
Share on whatsapp