diagnóstico de câncer

Como conversar com o seu parceiro sobre o diagnóstico de câncer

Descobrir o diagnóstico de câncer já é uma situação difícil para o paciente, imagine ter que contar para a pessoa que você ama que tem a doença? É uma situação delicada, por isso exige clareza e honestidade para conduzir a conversa.

O importante é você primeiro estar confortável com o assunto, já ter assimilado que vai precisar se dedicar ao tratamento com paciência, para que no momento da conversa, esteja preparado para responder aos questionamentos do seu parceiro.

Se ficou interessado em saber alguns passos para contar sobre o câncer para o seu companheiro, além de entender como as pessoas podem reagir ao saber do diagnóstico, continue lendo esse artigo.

Aceitar o diagnóstico de câncer

Antes de qualquer coisa, é preciso que você já tenha aceitado o diagnóstico e esteja disposto a lutar pela sua cura. Diante disso, vai poder conversar de maneira fluída, respondendo aos questionamentos e seguro de que a reação da pessoa não vai desestabilizar você.

O que você mais precisa nesse momento é ter pessoas que te ajudem a superar os desafios do tratamento. Então, se após você contar sobre a sua doença, a pessoa se afaste, vai ser preciso encarar isso também, afinal, você quer perto pessoas que possam te ajudar e não te atrapalhar!

Espere o seu momento para falar, é importante estar preparado para informar para a pessoa que amamos sobre o diagnóstico, mas não demore, é imprescindível que seu parceiro tenha conhecimento do que está acontecendo.

Esteja preparado para as reações

O seu parceiro pode reagir de várias formas e é preciso que você esteja preparado para enfrentar, mesmo que seja doloroso. Ele pode enfrentar tudo com você ou resolver ficar distante.

É comum que após saber do câncer, a pessoa faça comentários que não agregam em nada, apenas para não ficar sem opinar. Outros podem se afastar sem explicação por não se sentirem confortáveis com a situação ou até mesmo tristes.

A falta de informação, leva algumas pessoas a contar situações que conhecem sobre o câncer, e isso não colabora em nada para você. Citar casos de pessoas conhecidas que tiveram a doença e morreram, ou abordar detalhes negativos do tratamento, são informações que não agregam.

É importante deixar claro para as pessoas que você não tem interesse em abordagens negativas sobre a doença e que nem todas as conversas devem ser sobre o câncer, principalmente se o tema gerar desconforto.

Conquiste seu equilíbrio emocional

Depois que contar para o seu parceiro sobre o diagnóstico de câncer e souber a reação, você vai ter noção de quem pode ajudar na sua jornada. Além do seu parceiro, alguns familiares e amigos podem te dar forças para enfrentar o tratamento.

Mesmo que alguns deles se afastem, e isso vai acontecer, você deve ter equilíbrio para estar centrado no seu foco de concluir o tratamento e fazer tudo o que for necessário para manter a sua saúde física e psicológica.

Por isso, é importante procurar um psicólogo para fazer um acompanhamento que pode ajudar a compreender o diagnóstico do câncer, os processos de tratamento da doença, a reação das pessoas e melhores formas de conduzir essa situação. Não tenha medo, nem vergonha de procurar ajuda.

Quer saber mais? Estou à disposição para solucionar qualquer dúvida que você possa ter e ficarei muito feliz em responder aos seus comentários sobre este assunto. Leia outros artigos e conheça mais do meu trabalho como oncologista em Londrina!

O que deseja encontrar?

Compartilhe

Share on facebook
Share on linkedin
Share on twitter
Share on email
Share on whatsapp