Exames periódicos

5 exames periódicos que toda mulher precisa realizar

Os cuidados preventivos são as melhores formas de manter a saúde em dia, tanto para homens quanto para mulheres. No caso delas, a realização de exames periódicos é fundamental, assim como a visita anual ao ginecologista.

Porém, você sabe quais são os exames que toda mulher precisa realizar com frequência? Então, este texto é leitura obrigatória.

Exames periódicos para mulheres

Neste post, explicaremos tudo sobre esses procedimentos indispensáveis.

1) Papanicolau

Também chamado de exame citológico, o Papanicolau é o principal exame periódico da lista. A partir dele é possível analisar e avaliar as células do colo uterino. Assim, o médico conseguirá observar se estão normais ou alteradas.

Ainda, esse procedimento detecta desde infecções pelo Papilomavírus humano (HPV), alterações da flora intestinal e a presença de fungos até lesões precursoras de um tumor maligno e o câncer do colo de útero.

Ademais, o Papanicolau precisa ser realizado anualmente por mulheres que já se relacionam sexualmente. Para as meninas mais novas, que ainda não têm uma vida sexual ativa, a periodicidade será definida pelo ginecologista.

2) Mamografia

A mamografia está para o câncer de mama assim como o Papanicolau está para o câncer de colo de útero. Ou seja, é o principal exame para o rastreamento dessas neoplasias malignas, contribuindo para o diagnóstico precoce.

Ainda, a mamografia é um exame de raio-X de alta resolução que possibilita a análise de alterações nas mamas, como nódulos e cistos. Com o resultado, o radiologista busca por microcalcificações que indicam uma alteração nas mamas.

Assim, a mamografia deve ser feita anualmente por mulheres a partir dos 40 até os 75 anos, desde que não haja histórico familiar ou a paciente não possua outros fatores de risco para a doença. Caso contrário, sua realização deve ser iniciada já aos 35 anos.

3) Transvaginal

O ultrassom de pelve, ou transvaginal, serve para a verificação dos órgãos da região, como a bexiga, úteros, ovários e reto. Dessa forma, o ginecologista consegue identificar miomas, cistos, tumores de ovário, endometriose, pólipos, adenomiose, entre outros.

Além disso, o transvaginal é utilizado para a descoberta das causas de possíveis sangramentos vaginais, dor pélvica, menstruação aumentada ou dolorosa. Mulheres com mutações genéticas de alto risco para câncer e que tenham passado pela menopausa devem realizar esse exame anualmente.

4) Exames de sangue

Os exames de sangue são fundamentais para a prevenção de diferentes tipos de doenças. Por isso, recomenda-se a realização anual de hemograma, colesterol total, frações e triglicérides, TSH e T4 Livre, glicemia de jejum e vitamina D.

5) Densitometria óssea

O exame de densitometria óssea ajuda a identificar sinais de redução da massa óssea, problema chamado de osteoporose. Por isso, recomenda-se que seja feito a cada dois anos por mulheres com idade igual ou superior a 65 anos. A frequência pode ser alterada se a paciente apresentar sinais da doença.

Então, com a leitura desse post, você conheceu alguns dos exames que são imprescindíveis  para as mulheres. Portanto, mantenha o acompanhamento contínuo não só com o ginecologista, mas também com outros especialistas.

Quer saber mais? Estou à disposição para solucionar qualquer dúvida que você possa ter e ficarei muito feliz em responder aos seus comentários sobre este assunto. Leia outros artigos e conheça mais do meu trabalho como oncologista em São Paulo!

O que deseja encontrar?

Compartilhe

Share on facebook
Share on linkedin
Share on google
Share on twitter
Share on email
Share on whatsapp