Inflamação nos ovários

Inflamação nos ovários: como é o tratamento?

A inflamação nos ovários, também conhecida como ovarite ou ooforite, costuma afetar com frequência as mulheres. Essa condição pode afetar um ou os dois ovários. Em situações menos comuns, pode acometer outros órgãos do aparelho reprodutor feminino.

Você já ouviu falar nessa inflamação? Conhece os sintomas e alternativas de tratamento? Caso não, recomendamos a leitura deste post. A seguir, iremos esclarecer todas as suas dúvidas sobre o tema.

O que é a inflamação nos ovários?

Trata-se de um processo que pode acometer apenas um ou ambos os ovários. Por isso, por ser uma estrutura resistente e estar localizado em uma área de difícil acesso, a ovarite é raramente causada por germes patogênicos.

Por isso, a inflamação nos ovários costuma ser uma extensão do comprometimento das trompas de Falópio, uma espécie de tubo que liga os ovários ao útero. Nesse sentido, a doença pode se manifestar de três diferentes formas:

  • aguda: quando acontece um único episódio, sendo comumente causada por bactérias que atingem um ou os dois ovários. Em situações menos frequentes, a ooforite aguda é decorrente de complicações da caxumba;
  • crônica: se caracteriza pela recorrência da inflamação em um curto período. Geralmente, é provocada pela inflamação das tubas decorrente do refluxo sanguíneo;
  • autoimune: condição rara causada pelo descontrole do sistema imunológico, que passa a produzir anticorpos que atacam os próprios ovários, levando à destruição das células do órgão.

Quais são os sintomas da inflamação nos ovários?

As mulheres que sofrem com a inflamação nos ovários podem sentir uma grande variedade de sintomas, de intensidade variável. São eles: 

  • fortes dores abdominais;
  • dor de cabeça;
  • febre;
  • debilidade;
  • mal-estar generalizado;
  • cólicas dolorosas;
  • náuseas;
  • dificuldade para engravidar;
  • dor ao urinar;
  • sensação de empachamento;
  • fluxo vaginal anormal;
  • nervosismo e palpitações.

Como a doença é causada?

Essa inflamação pode ser causada por uma série de fatores, variando conforme o tipo. Desse modo, quando provocada por uma infecção, está relacionada ao fungo responsável pela candidíase e costuma se proliferar pelo excesso de umidade, estresse ou uso excessivo de antibióticos.

Ademais, a doença inflamatória pélvica é uma infecção e inflamação do útero e em outros órgãos reprodutivos femininos. Assim, acaba causando cicatrizes que resultam na infertilidade. Sendo assim, a gonorreia e a clamídia são duas possíveis causas dessa condição.

Além disso, existem alguns medicamentos que podem provocar efeitos colaterais, entre eles o inchaço dos óvulos. Em alguns casos, esse inchaço pode diminuir rapidamente, sem estar relacionado a uma inflamação.

Como é o tratamento da ooforite?

O tratamento da inflamação nos ovários costuma ser realizado com o uso de antibióticos e anti-inflamatórios hormonais por cerca de 14 dias, independente da ooforite, prescritos pelo ginecologista.

Ademais, caso a paciente relate dor aguda e enjoo, pode ser indicado o uso de medicamentos específicos para esses sintomas. Contudo, o médico pode solicitar alguns exames para identificar a substância mais eficaz no combate à inflamação.

Em suma, quando o problema é crônico ou há inflamação nas trompas, a internação pode ser indicada para que a paciente receba medicamentos intravenosos. Portanto, em casos graves, a ooforectomia, cirurgia para retirada dos óvulos, pode ser a única alternativa possível.

Enfim, com a leitura deste post, você conheceu um pouco mais sobre a inflamação nos ovários. Assim, na presença de quaisquer sintomas descritos no texto, procure o seu ginecologista para obter um diagnóstico preciso.

Quer saber mais? Estou à disposição para solucionar qualquer dúvida que você possa ter e ficarei muito feliz em responder aos seus comentários sobre este assunto. Então, leia outros artigos e conheça mais do meu trabalho como oncologista em São Paulo!

O que deseja encontrar?

Compartilhe

Share on facebook
Share on linkedin
Share on google
Share on twitter
Share on email
Share on whatsapp