dor no figado

Você sabe o que são metástases hepáticas?

As metástases hepáticas acontecem a partir do instante em que um câncer se espalha para o fígado. Ou seja, a metástase hepática é um transtorno que possui relação com as fases mais avançadas de determinados tipos de câncer, tais como o câncer de intestino, câncer de mama e o câncer de pâncreas, entre outros.

Além disso, para uma melhor compreensão a respeito do que é a metástase hepática, é válido estar ciente de que o fígado é o segundo maior órgão do organismo, efetuando uma importante atuação em várias funções do nosso corpo. Entre as suas funções é possível citar a produção da bile, a ajuda na digestão dos alimentos e a síntese de colesterol. Ele realiza a limpeza das toxinas sanguíneas, metaboliza alimentos nocivos ao organismo (como o álcool, por exemplo) e também efetua a armazenagem de açúcar, ideal para fornecer energia para o corpo.

Muitos dos casos de metástases hepáticas são iniciados a partir do cólon ou do câncer retal, cerca de 65% dos pacientes poderão desenvolver uma metástases hepáticas ao longo do curso da doença seja ao diagnostico, como progressão ou recidiva da doença. Esse problema acontece, em parte, devido drenagem venosa do cólon que está intimamente relacionada ao fígado pela veia porta.

Ainda que o câncer primário seja eliminado, a metástase no fígado ainda pode ocorrer anos mais tarde.

Como ocorrem as metástases hepáticas

A capacidade de um câncer se espalhar pelo fígado vai depender muito do local onde está o câncer inicial.

O processo tem o seu início quando as células cancerosas passam a se movimentar a partir da região afetada para os tecidos saudáveis mais próximos. Tais células cancerosas se movimentam através dos vasos linfáticos e dos vasos sanguíneos, atingindo outras partes do corpo, no caso do fígado, predominantemente pelos vasos sanguíneos. Os tumores iniciais que contam com uma maior capacidade de se espalharem para o fígado são o câncer de reto, câncer de mama, de pâncreas, câncer de rim, câncer de pele, câncer de esôfago, de estômago e de ovário.

Os sintomas

Muitos pacientes que apresentam a metástase no fígado não denotam sintomas perceptíveis. Porém, alguns pacientes podem vir a sentir problemas como a perda de peso e de apetite. É comum também que o fígado apresente um nítido aumente de tamanho, se tornando enrijecido e acarretando uma sensação de dor.

Vale salientar que em estágios mais avançados da metástase alguns sintomas se tornam mais perceptíveis, entre tais sintomas estão a sensação de dor nos ombros (especialmente o direito), náusea, febre, urina com coloração escura e a icterícia, que consiste no tom amarelado da pele e no fundo dos olhos.

Existe tratamento ?

A depender da origem, número e exata localização das metástases, existem opções cirúrgicas como ressecção simples das lesões ou até mesmo procedimentos mais extensos como hepatectomias parciais, porém o transplante hepático não é uma opção terapêutica empregada. Tratamentos alternativos como quimioembolização ( injeção de agentes químicos diretamente no tumor ), crio/termo/radioablação ( uso de fontes de energia diretamente no tumor) também são atualmente bastante utilizados. Quimioterapia sistêmica também é uma alternativa, tanto como ponte para um tratamento cirúrgico, como tratamento exclusivo.

Quer saber mais? Estou à disposição para solucionar qualquer dúvida que você possa ter e ficarei muito feliz em responder aos seus comentários sobre este assunto. Leia outros artigos e conheça mais do meu trabalho como oncologista em Londrina!

O que deseja encontrar?

Compartilhe

Share on facebook
Share on linkedin
Share on twitter
Share on email
Share on whatsapp