protetores solares

Qual são os tipos de protetores solares e quando são indicados?

Os protetores solares são indispensáveis. Provavelmente, você já sabia disso. Porém, o que você talvez não saiba é que existem diferentes tipos de filtros e que cada um é indicado para um tipo de pele específica.

Por isso, preparamos este post para responder a todas as suas dúvidas a respeito do tema. Então, se você deseja conhecer o produto ideal, continue a leitura deste texto.

Quais são os principais tipos de protetores solares?

Os protetores solares são essenciais por uma série de razões. Porém, a mais importante delas é evitar os efeitos negativos da radiação solar sobre a pele, pois eles são cumulativos. Ou seja, a cada vez que você se expõe ao sol de forma desprotegida, o seu corpo acumula os prejuízos.

Com o passar dos anos, o resultado dessa ação contínua pode ser um câncer de pele. Assim, mesmo nos dias mais nublados, os filtros solares devem ser utilizados, pois os raios ultravioletas continuam a incidir.

Contudo, na hora de escolher por um produto, é comum que surjam muitas dúvidas sobre aquele que é mais indicado para o seu tipo de pele. Para isso, buscar a orientação de um dermatologista é fundamental. 

Para que você tenha uma melhor noção das possibilidades que existem, conheça as diferenças entre os diversos tipos de protetor solar:

  • protetor químico: é o formato mais comum e mais fácil de encontrar. Este produto contém moléculas capazes de absorver a radiação ultravioleta e de transformá-las em uma radiação de baixa energia. Para isso, cria uma proteção química na pele que impede a penetração dos raios. O protetor químico pode oferecer proteção UVA e UVB ou exclusivamente uma delas;
  • protetor físico: é o protetor solar que contém minerais em sua composição, tais como, dióxido de titânio e óxido de zinco. Esses componentes atuam como fixadores, mas sem o potencial de absorção. Assim, os raios solares batem e são refletidos pelo filtro, ajudando a prevenir o fotoenvelhecimento;
  • produtos com hidratante: além de evitar a penetração da radiação solar, tem propriedades que preservam a oleosidade natural da pele e garantem a refração da luz solar ao conferir aspecto brilhoso à pele;
  • produtos para peles oleosas: também conhecidos como oil-free, esse protetor solar é recomendado para quem tem a pele oleosa ou mista, sem deixar a pele oleosa;
  • protetor anti-idade ou antirrugas: além das propriedades de proteção contra radiação, possuem em sua composição substâncias antioxidantes que ajudam a retardar o envelhecimento celular;
  • protetor solar com cor: é um tipo de filtro dois em um, ou seja, contém pigmentos de cor e também é um item de maquiagem, ajudando a proteger contra o envelhecimento.
  • protetor labial: os lábios também sofrem as consequências do sol, podendo ficar ressecados. Além disso, favorece o desenvolvimento do câncer de pele. Para evitar, existem protetores específicos para os lábios.

Quando são indicados?

Os protetores solares são indicados para cada textura de pele. Por isso, conhecer o seu tipo de pele é fundamental para garantir a escolha do produto ideal que irá oferecer a melhor proteção possível. A seguir, conheça os filtros indicados para cada tipo de textura:

  • peles mistas e oleosas: quem tem a pele mais oleosa ou mista deve preferir filtros com textura fluída e oil-free, pois não deixam resíduo oleoso, ajudam no controle da produção de sebo e evitam a formação de espinhas;
  • peles secas: para esse tipo de pele, é preciso investir em protetores hidratantes. Os produtos com textura cremosa não obstruem os poros;
  • peles sensíveis: são peles que precisam de filtros com ação calmante, hidratante e que não irritem, favorecendo a sua recuperação.

Então, com a leitura deste post, você conheceu um pouco mais sobre os diferentes tipos de protetores solares que existem. Assim, antes de adquirir o seu produto, converse com um dermatologista para que ele dê a indicação correta.

Quer saber mais? Estou à disposição para solucionar qualquer dúvida que você possa ter e ficarei muito feliz em responder aos seus comentários sobre este assunto. Leia outros artigos e conheça mais do meu trabalho como oncologista em São Paulo!

O que deseja encontrar?

Compartilhe

Share on facebook
Share on linkedin
Share on google
Share on twitter
Share on email
Share on whatsapp