sintomas do câncer de esôfago

Sintomas do câncer de esôfago

O câncer de esôfago é uma doença grave e um dos cânceres mais perigosos, por ser assintomático na fase inicial. O órgão faz parte do sistema digestivo do corpo humano e tem como função levar os alimentos até o estômago. É um órgão de forma tubular e oco, com início no pescoço (na faringe) e se estende até o estômago.

Os sintomas do câncer de esôfago costumam aparecer na fase mais avançada da doença, diminuindo as chances de cura. 

Sintomas do câncer de esôfago

  • Tosse e rouquidão constantes – a tosse ocorre porque, provavelmente, a doença já afetou os pulmões. A rouquidão ocorre pela compressão das cordas vocais.
  • Dificuldade de deglutição (disfagia) – dificuldade para engolir alimentos sólidos. A sensação é de que a garganta esteja se fechando.
  • Perda de peso – devido à dificuldade para engolir, os indivíduos acabam perdendo peso, pois passam a não se alimentar adequadamente, muitas vezes evitando alimentos sólidos.
  • Dor no peito – a dor é localizada na parte superior do tórax, com muita queimação e pressão centralizada no meio do peito.
  • Fezes escuras com incidência de sangue.

Segundo o Instituto Nacional do Câncer (INCA) as principais causas da doença são:

  • Consumo de bebidas alcoólicas – pode causar o câncer, não havendo níveis seguros de ingestão; não só o consumo regular, como também o consumo excessivo e esporádico de qualquer tipo de bebida alcoólica.
  • Tabagismo – isoladamente é responsável por 25% dos casos de câncer de esôfago. O risco aumenta rapidamente com a quantidade de cigarros consumida. Mesmo as pessoas que já fumaram e interromperam apresentam risco aumentado de desenvolver esse câncer, quando se comparam às que nunca fumaram.
  • História pessoal de câncer de cabeça, pescoço ou pulmão está associada à maior incidência desse tumor.
  • Infecção pelo Papilomavírus humano (HPV).
  • Consumo frequente de bebidas muito quentes como chimarrão, chá e café, em temperatura de 65ºC ou mais.
  • Consumo de carnes processadas (exemplo: salsicha, presunto, blanquet de peru, entre outros).

Qual o procedimento após o aparecimento dos sintomas do câncer de esôfago?

O médico poderá solicitar exames simples para detectar a doença. A endoscopia verificará se há lesões no estômago ou esôfago, o raio-x identificará nódulos, o hemograma e a biópsia confirmarão as alterações.  

A detecção inicial do problema oferece mais chances de cura, apesar de ser um tipo grave de câncer. O tratamento é feito por meio de quimioterapia ou radioterapia. Podem ser realizadas intervenções cirúrgicas para a retirada parcial ou total do esôfago e do tumor.

Na retirada parcial, emenda-se a porção restante ao estômago. No caso de retirada total, é necessário implantar uma prótese artificial no lugar do órgão. A escolha da terapia adequada será feita pelo médico, de acordo com os resultados dos exames, estado de saúde do indivíduo e do estágio da lesão.

Fique atento aos principais sintomas do câncer de esôfago. Consulte um médico de confiança e faça exames físicos e laboratoriais para a detecção inicial do problema. 

 

Quer saber mais? Estou à disposição para solucionar qualquer dúvida que você possa ter e ficarei muito feliz em responder aos seus comentários sobre este assunto. Leia outros artigos e conheça mais do meu trabalho como oncologista em Londrina!

O que deseja encontrar?

Compartilhe

Share on facebook
Share on linkedin
Share on twitter
Share on email
Share on whatsapp