sol

Qual o melhor horário para tomar sol?

A vitamina D é um dos temas mais comuns quando se fala sobre nutrientes essenciais para uma vida longeva e saudável. Porém, em função da falta de informação e com o intuito de suprir a carência dessa vitamina, muitas pessoas se expõem inadequadamente ao sol.

Na verdade, é preciso conhecer o melhor horário para tomar sol. Quer saber qual? Então, recomendamos a leitura deste post. Nele, você saberá como fazer para o seu organismo obter a demanda diária de vitamina D através da exposição ao sol.

Como tomar sol corretamente?

A exposição aos raios solares ativa a produção de vitamina D no organismo, levando ao fortalecimento dos ossos. Por isso, muitos médicos recomendam os banhos de sol por, pelo menos, três vezes na semana. 

O problema está na forma correta de se submeter aos raios solares. Afinal, a incidência de radiação ultravioleta sobre a pele sem a proteção adequada é um importante fator de risco para o câncer de  pele.

Para suprir a carência de vitamina D apenas pelo sol, é necessário se expor à radiação solar no horário de melhor angulação de incidência dos raios solares, que seria entre 10 horas da manhã e 16 horas da tarde.

Contudo, esse período é também o de maior incidência da radiação ultravioleta, momento em que há um elevado risco para o desenvolvimento do câncer de pele. Dessa forma, para prevenir os danos causados por essa exposição excessiva, o uso do protetor solar é fundamental.

Além disso, se você tem pele clara, recomenda-se tomar sol por apenas 15 minutos. No caso das peles mais escuras, esse tempo pode ser de 30 a 60 minutos. Se for preciso permanecer mais tempo exposto ao sol, reaplique o protetor solar a cada 2 horas.

Como o corpo produz vitamina D pelo sol?

Quando a pele é exposta aos raios UVB, ela converte o precursor cutâneo 7-DEHIDROCOLESTEROL em vitamina D3. Posteriormente, essa substância passa por um processo de hidroxilação. Com isso, chega a sua forma mais ativa e fica apta a ser utilizada pelo organismo.

O que fazer quando não é possível se expor ao sol?

Seja em função do horário de trabalho ou por algum problema de saúde, nem sempre é possível se expor ao sol nos horários indicados. Nesses casos, o primeiro passo é buscar orientação médica.

Assim, ele irá indicar a solução que mais se adequa a sua necessidade e disponibilidade. A solução mais comum é o uso de suplementos de vitamina D, desde que nas doses indicadas pelo profissional de saúde.

Quais as consequências da deficiência de vitamina D?

Quando os níveis de vitamina D estão longe do ideal, o organismo começa a manifestar sinais de que há uma carência desse nutrientes, tais como, enfraquecimento dos ossos, dor e fraqueza muscular, diminuição do cálcio e fósforo no sangue, entre outros.

Ainda, o acompanhamento das taxas de vitamina D é realizado através de um exame de sangue, chamado 25(OH)D, que se baseia nos valores de referência estipulado pelas associações médicas. 

Enfim, se você tiver a disponibilidade necessária e utilizar o protetor solar adequado à sua pele, não deixe de tomar sol nos horários de maior angulação dos raios solares. Assim, você estará suprindo as necessidades diárias do seu organismo.

Quer saber mais? Estou à disposição para solucionar qualquer dúvida que você possa ter e ficarei muito feliz em responder aos seus comentários sobre este assunto. Leia outros artigos e conheça mais do meu trabalho como oncologista em São Paulo!

O que deseja encontrar?

Compartilhe

Share on facebook
Share on linkedin
Share on google
Share on twitter
Share on email
Share on whatsapp