tumor estromal gastrointestinal

Quais Os Sintomas Do Tumor Estromal Gastrointestinal?

O tumor estromal gastrointestinal, também conhecido pela sigla GIST, é uma condição rara e que frequentemente acomete o estômago ou o intestino delgado. Porém, pode se desenvolver em qualquer área do trato gastrointestinal, desde o ânus até a boca.

Você já ouviu falar nessa condição? Conhece os sintomas mais comuns? Então, recomendamos a leitura deste texto. A seguir, explicaremos tudo o que você precisa saber a respeito do tema.

O que é um tumor estromal gastrointestinal?

O GIST (da sigla em inglês para gastrointestinal stromal tumors) é um tipo de sarcoma de partes moles e tem origem nas chamadas células de Cajal que estão presentes na parede dos órgãos do trato gastrointestinal.

Ainda, essas células integram o sistema nervoso autônomo e são responsáveis pela motilidade intestinal. Por isso, são consideradas como o marca-passo do sistema, pois emitem sinais que estimulam os movimentos dos músculos para direcionar líquidos e alimentos pelo trato gastrointestinal.

Ademais, o tumor estromal gastrointestinal é mais recorrente em pessoas com idade entre 50 e 60 anos. Porém, embora seja raro, pode acometer pacientes com menos de 20 anos. Em cerca de 50% dos casos essa neoplasia se desenvolve no estômago.

Quais são os sintomas mais comuns?

Geralmente, os GISTs surgem em espaços vazios do trato gastrointestinal. Assim como ocorre em outros tipos de câncer, tendem a serem assintomáticos em estágio inicial. Os primeiros sintomas aparecem apenas quando o tumor aumenta de tamanho.

Por serem tumores frágeis, sangram com facilidade. Dessa forma, o sinal mais característico é a presença de sangramentos no estômago e no esôfago, fazendo com que o paciente vomite sangue parcialmente digerido.

Além disso, caso haja hemorragia nos intestinos, as fezes tornam-se avermelhadas ou negras e com presença de sangue. Quando esse sangramento é imperceptível, pode ocasionar quadros de anemia e fraqueza.

Outros possíveis sintomas do tumor estromal gastrointestinal são: dor abdominal, inchaço no abdome, náuseas, vômitos, sensação de saciedade, perda de apetite e de peso e problemas na deglutição de alimentos.

Por fim, essa neoplasia pode causar obstrução no estômago ou no intestino, o que pode provocar intensas dores abdominais e vômitos frequentes. Geralmente, essa situação exige uma cirurgia de emergência para eliminar a obstrução.

Como é o tratamento?

O GIST pode ser tratado a partir de diferentes medidas terapêuticas. Quando o tumor ainda é pequeno, a cirurgia é o tratamento mais indicado e visa a sua remoção. Em áreas de difícil acesso, o procedimento tende a ser mais complexo. 

Quando o tumor tem tamanho elevado, a cirurgia não é capaz de removê-lo. Nessas situações, outras medidas são mais indicadas, como a terapia-alvo, que consiste no uso de medicamentos para atacar as células cancerígenas sem danificar as células normais.

Outra possibilidade é a ablação tumoral, que pode ser feita por radiofrequência, que utiliza ondas de rádio de alta frequência, criocirurgia, que congela as células tumorais, e a ablação por etanol, que utiliza-se de uma concentração de álcool a ser aplicada no tumor.

Enfim, com a leitura deste post, você conheceu um pouco mais sobre o GIST e seus sintomas e tratamentos. Portanto, caso perceba algum sintoma semelhante ao de um tumor estromal gastrointestinal, procure um médico o quanto antes.

Quer saber mais? Estou à disposição para solucionar qualquer dúvida que você possa ter e ficarei muito feliz em responder aos seus comentários sobre este assunto. Leia outros artigos e conheça mais do meu trabalho como oncologista em São Paulo!

O que deseja encontrar?

Compartilhe

Share on facebook
Share on linkedin
Share on google
Share on twitter
Share on email
Share on whatsapp